21
Ter, Nov

“A vocação brota do Coração de Deus”

Mensagens do Bispo

Pastor sábio e atual, o Papa Francisco sempre tem uma palavra de motivação aos jovens cristãos. E quando o assunto é vocação, o Santo Padre faz questão de se expressar e ressaltar a importância de pensar e refletir sobre os planos de Deus ainda na juventude: “Nenhuma vocação nasce por si, nem vive para si. A vocação brota do coração de Deus e germina na terra boa do povo fiel, na experiência do amor fraterno”.

Se a vocação brota do coração de Deus é preciso ouvir seu chamado e deixar-se transformar interiormente por Suas palavras.

No entanto, a pressa e a velocidade dos estímulos não deixam espaço para o silêncio interior, no qual ressoa o chamado de Deus. Por isso, para ouvir o chamado, muitas vezes é preciso ir contra a corrente, enfrentar obstáculos que criam desânimo. Porém, Jesus não faz longos discursos, não apresenta um programa cheio de regras e nem respostas preconcebidas. Ele se limita a dizer “segue-me” (Mt 9,9) e desperta em seus escolhidos o desejo de colocar-se em disponibilidade para caminhar ao seu lado. O encontro com Jesus ilumina qualquer caminho que pareça escuro e liberta da angústia e da pequenez dos ideais deste mundo.

Com Jesus, pode-se abrir o coração a grandes ideais, a coisas grandes. O discipulado exige um êxodo constante de si mesmo para centrar a própria existência em Cristo e no seu Evangelho.

É preciso superar os próprios pensamentos e modos de agir que não estejam em conformidade com a vontade de Deus. Não devemos ter medo, pois Deus nunca nos abandona.

A verdadeira alegria daqueles que respondem positivamente ao chamado está em crer e experimentar que Deus é fiel.

A proposta é a construção de uma Igreja aberta e em saída! Jovens em movimento, convocados a sair de seus mundos fechados e a comunicar a alegria do Evangelho, a exemplo de Maria que caminhou apressadamente até a casa de Isabel, para levar-lhe alegria e esperança (cf. Lc 1,39-45). A vocação é um dom, um tesouro que o Senhor coloca nas mãos de cada um, uma semente que deve ser germinada e cultivada.

O coração de Jesus é fonte de todas as vocações e Ele continua chamando!

 

Texto de Dom Luiz Antonio Cipolini publicado no Jornal "No Meio de Nós" - Edição de agosto de 2017