23
Dom, Abr
7 Novos artigos

Cidade do Vaticano (RV) Neste 9 de agosto, Dia Internacional dos Povos Indígenas, o Papa Francisco lançou uma mensagem no Twitter, pedindo que os “povos indígenas, ameaçados na sua identidade e própria existência, sejam respeitados”.

Anselm Grün é um monge beneditino da Alemanha que já vendeu mais de 2 milhões de exemplares no Brasil. Só pela Vozes já publicou mais de 100 livros. É doutor em Teologia e vive na Abadia de Münsterschwarzach (Alemanha) onde, por muitos anos, exerceu a função de ecônomo e administrador.

O papa Francisco nomeou hoje, 04 de maio, padre Arnaldo Carvalheiro Neto, bispo coadjutor de Itapeva (SP). Atualmente, ele está como pároco da paróquia São Pedro Apóstolo em Gabriel Monteiro (SP). Na mesma data, dom Valdemir Ferreira dos Santos foi nomeado bispo da vacante diocese de Amargosa (BA), sendo transferido da sede episcopal de Floriano (PI).

bispos nomeacao04 05Na foto, dom Valdemir Ferreira dos Santos e padre Arnaldo Carvalheiro Neto

Novo coadjutor

Natural de São Paulo, padre Arnaldo nasceu no dia 11 de abril de 1967. Recebeu a ordenação sacerdotal em 17 de maio de 1997, pertencendo ao clero da diocese de Araçatuba (SP). É graduado em Filosofia e Teologia, com especialização em Direção Espiritual pelo Institute for Spiritual Leadership (Chicago) e em Capelania Hospitalar pela Mater Misericordie Hospital de Dublin (Irlanda). É mestre em Pastoral Couseling pela Loyola University de Chicago.

Padre Arnaldo atuou como pároco nas paróquias São Brás de Birigui (SP) e São Pedro Apóstolo de Gabriel Monteiro (SP). Foi vigário na paróquia Saint Roman na arquidiocese de Chicago. De 2007 a 2014 foi diretor espiritual do Instituto Teológico Rainha dos Apóstolos, em Marília (SP). Também integrou o Conselho de Presbíteros e Colégio de Consultores da diocese de Araçatuba (SP).

Na trajetória acadêmica, foi professor de Ensino Religioso, História da Filosofia Antiga e de Aconselhamento Pastoral.

Bispo de Amargosa

Dom Valdemir Ferreira dos Santos é natural de Nova Canaã (BA). Foi nomeado bispo de Floriano (PI) em 17 de março de 2010, escolhendo como lema episcopal “Apascenta minhas ovelhas” (Jo 21, 17). Possui mestrado em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Santo Tomás de Aquino. Também é licenciado em Filosofia e Ciências e Letras.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou, no dia 13, a mensagem para as eleições municipais deste ano. O texto foi aprovado durante a 54ª Assembleia Geral da entidade, que ocorre em Aparecida (SP). Os bispos dirigem ao povo brasileiro "uma mensagem de esperança, ânimo e coragem".

A Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou no dia 14 de abril, Declaração sobre o momento nacional, dentro das atividades da 54ª Assembleia Geral da CNBB, que aconteceu em Aparecida (SP), de 6 a 15 de abril. Na ocasião, participaram o arcebispo de Brasília (DF) e presidente da CNBB, dom Sergio da Rocha; o arcebispo de Salvador (BA) e vice-presidente, dom Murilo Krieger; o bispo auxiliar de Brasília e secretário geral, dom Leonardo Steiner.

Após dez dias de trabalhos, o episcopado brasileiro encerra hoje as reflexões sobre o papel dos leigos na Igreja e na sociedade. Dom Luiz Antonio e Dom Osvaldo avaliam positivamente a participação no encontro anual.

“Cotidianamente, os jornais nos trazem notícias tristes: homicídios, acidentes e catástrofes”: a partir desta constatação, o Papa Francisco refletiu domingo (28/02) sobre o trecho do Evangelho do dia, que relata dois fatos trágicos que causaram naquele tempo muito impacto: uma repressão cruenta perpetrada por soldados romanos dentro do templo; e o desabamento da torre de Siloé, em Jerusalém, que deixou 18 mortos.

A Solenidade de abertura da Porta Santa realizada hoje, 13 de dezembro, na Catedral Nossa Senhora da Penha, em Crato- CE, teve para os fiéis da Diocese de Crato e romeiros do Padre Cícero Romão Batista um significado ainda maior. Neste dia o Bispo Dom Fernando Panico comunicou ao povo, durante sua homilia, que o Papa Francisco havia enviado uma carta, assinada pelo Cardeal Pietro Cardeal Parolin, Secretário de Estado de Sua Santidade, na qual autoriza a reconciliação do “Padim Ciço”, como é carinhosamente chamado pelos devotos, com a Igreja Católica.

Na Solenidade da Imaculada Conceição, dia 8 de dezembro, a maior festa dedicada à Mãe de Deus, no dia em que a Igreja celebra os 50 anos do encerramento do Concílio Vaticano II, acontecimento que marcou o catolicismo contemporâneo na sua identidade e na sua relação com a sociedade e, na data que registra os primeiros 1000 dias de Pontificado do Papa Francisco, a Igreja se abre para o Ano Santo da Misericórdia ou Jubileu da Misericórdia. Ao presidir a celebração de abertura da Porta Santa da Basílica de São Pedro, ato que acontece apenas durante um Jubileu, o Santo Padre enfatizou o seu desejo para a vivência deste ano.

A Sala Clementina, no Vaticano, ficou repleta na manhã desta quinta-feira, 3 de dezembro, quando os participantes da Assembleia Plenária da Congregação para a Evangelização dos Povos (CEP) se reuniram para uma audiência com o Papa Francisco. 160 pessoas entre cardeais, bispos, funcionários e colaboradores deste departamento, estão debatendo nestes dias a situação de seu trabalho na missio ad gentes e as perspectivas para o futuro. O Papa, recém-chegado de sua primeira peregrinação à África – esteve no Quênia, em Uganda e na República Centro-africana – se dirigiu ao grupo, elogiando a presença da Igreja junto àquele povo ferido e carente, a quem leva sua obra de caridade e promoção humana.

A gravação do Hino oficial do Ano Santo da Misericórdia em português, já está pronta. A tradução e adaptação ao português foi feita por Clayton Dias, diretor do Centro de Estudos de Música Sacra e Liturgia da Arquidiocese de Campinas, regente do Coro da Arquidiocese de Campinas e membro da equipe de Liturgia da CNBB Regional Sul 1 e aprovada pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização.

Pagina 3 de 6