18
Sab, Nov

Marília - N. Sra. do Perpétuo Socorro

nsperpetuosocorroPe. Evandro Cesar Batista Ribeiro, Pároco

Fone: (14) 3316-5405

nsperpetuosocorroPe. Evandro Cesar Batista Ribeiro, Pároco

Fone: (14) 3316-5405

Contato

marilia nsperpetuosocorroPARÓQUIA NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO

Pe. Evandro Cesar Batista Ribeiro, Pároco

Rua Atílio Cizotto, 39 - CEP 17527-380 - MARÍLIA-SP
Sec. (14) 3413-4388/ 3301-4927 / Res.: (14) 3316-5405
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Horário de atendimento da secretaria:
Segunda a sexta-feira das 8h às 17h
Sábado das 8h às 11h30

Missas

 

Dia Horário Local
Quarta 19h30 com novena Matriz
2º Quinta 20h Setor Santa Águeda - Escola Geralda Cesar Villardi  
3º Quinta 20h residências  
1º Sexta 19h30 Matriz  
1º Sábado 15h Matriz  
Sábado 19h30 Capela S. José - Rua Eduardo Neves, 135 Jardim Coimbra  
Domingo 8h30 Capela N. Sra. Auxiliadora - Av. Maria Fernandes Cavallari, 2421 Jardim Cavallari  
Domingo 10h Matriz  
Domingo 19h Matriz  
Domingo 19h Capela Sta. Terezinha - Rua Pe. Jose Osvaldo Nunes, 166 Jardim Flamingo

História

No final da década de setenta, com o loteamento e urbanização da região oeste de Marília, nasce a comunidade do jardim Califórnia pertencente a paróquia Santo Antonio.
No início da década de oitenta, foi designada para trabalhar nesta região o Padre Expedito. As primeiras missas eram celebradas no terreno do lar de meninas próximo a esquina da Rua João Franco Nascimento e Miguel Pastore em baixo das árvores.

Vieram também as freiras: Irmã Vilma e Irmã Delfina, desempenhando importante trabalho de evangelização.

Mais tarde as missas passaram a serem celebradas nas casas, sendo que a primeira celebração foi na casa da Dona Augusta na Rua Maestro Floriano de Souza.

Desde o início o Padre Expedito semeava a ideia de construir uma capela e lutava para conseguir uma área.

Em 1982, houve uma promessa de doação da área pelo poder público, em 1983 ocorreu reunião na casa do Sr. Perpétuo, com as presenças do poder público, do Padre Expedito e moradores, ocasião em que foi tomada uma decisão sobre a doação da área para a construção da Capela.

Em 1984, foi criada uma diretoria para assumir a construção da capela, liderada pelo Padre e Expedito e o Sr. Mieli, época em que foi lançada a pedra fundamental.

Na primeira reunião foi feita a escolha do nome da Padroeira, sugerido pelo Sr. Mieli em gratidão a uma graça recebida por intercessão de Nossa senhora do Perpétuo Socorro.

Com a concretização da doação da área, as missas passaram a serem celebradas em barracas improvisadas com lona e papelão.

A capela era construída com doações e fundos advindos de eventos realizados pela comunidade (quermesse, bingo, frango assado).

O trabalho de evangelização liderado pelas irmãs Vilma e Delfina, em 1988, época em que foi concluída a primeira turma da primeira eucaristia, tendo como catequista Maria Xavier e Pedro Barroso.
Em 1992, com a vontade da comunidade de construir paróquia, deu inicio a construção de uma capela ainda maior.

O desenho dessa nova construção foi elaborada pelo Sérgio, que era pedreiro e construtor.

Em 1995, a comunidade reúne-se com o Bispo Dom Osvaldo para tratar da criação da paróquia, ficando a comunidade responsável pela construção da casa paroquial e aquisição de um veiculo.

No dia quinze de Fevereiro de 1998, fundou-se a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, tendo como Pároco Padre Wagner Antonio Montoz.

Em junho de 2000 a paróquia recebe a primeira visita pastoral do Bispo Diocesano de Marília, Excelentíssimo Sr. Dom Osvaldo Giuntini.

Em Janeiro de 2001, o Bispo Diocesano dá posse ao reverendíssimo Sr. Padre Claudinei de Almeida Lima, como novo administrador paroquial. Janeiro de 2006, celebra a missa de encerramento do trabalho do padre Claudinei.

Em oito de janeiro de 2006, é nomeado novo pároco de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, o Reverendíssimo Sr.Padre Sidnei de Paula Santos. Janeiro de 2011, celebra a missa de encerramento do trabalho do padre Sidinei.

Em janeiro de 2011, é nomeado novo pároco de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, o Reverendíssimo Sr. Padre Valdemar Cardoso.

Nessa oportunidade queremos lembrar dos padres que deixaram sua contribuição em nossa comunidade: Padre Expedito, Vicente, Geraldo, Rui, Gabriel, Xaxá, Pedro e Hideo.

Padroeiro

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro 

nsperpetuosocorro2

A história do quadro de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro iniciou em fins do século XIV (1300), na Ilha de Creta (Grécia). Um comerciante o levou para Roma na fuga dos muçulmanos.

Anos depois de sua morte, o quadro começa a ser venerado na Igreja de São Mateus que foi destruída por Napoleão Bonaparte em 1798.

O quadro desapareceu por vários anos e, quando foi redescoberto, o Papa Pio IX confiou-o aos cuidados dos Missionários Redentoristas em 1865, para que difundissem a devoção pelo mundo inteiro. 

A Novena Perpétua iniciou no dia 11 de julho de 1922, quarta-feira, na Igreja Santo Afonso em São Luís, nos Estados Unidos. Em poucos anos propagou-se pelo mundo inteiro. 

A Novena é um modo de rezar continuamente a Nossa Senhora em união com o mundo inteiro, pois a cada hora, em alguma parte do mundo haverá alguma Igreja onde se está celebrando esta novena. É um meio de você perseverar na fé e na vida de Igreja. É uma boa oportunidade de você seguir a Virgem Maria, imitando suas virtudes e exemplos, de ouvir a Palavra de Deus que ilumina, instrui e alimenta a sua fé. É ainda uma ocasião para você pedir e agradecer, por intermédio daquela que é Mãe de Deus e nossa Mãe. E ao fazer a sua Novena não pense só em você, mas caridosamente, recomende a Nossa Senhora as necessidades de todos. 

O quadro de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é a apresentação sublime da Mãe de Deus,que está sempre disposta a nos socorrer. 

Explicação do quadro

Segundo as tradições orientais, o quadro é uma cópia de uma pintura feita por São Lucas, que além de escritor era pintor. Trata-se de uma pintura em estilo bizantino, retratando Nossa Senhora e o Menino Jesus, trazendo no conjunto dos símbolos uma mensagem aos cristãos. 

Entre as mais expressivas invocações a Maria, Mãe de Deus, está a de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, título de um quadro ou ícone bizantino, venerado na igreja de Santo Afonso, dos Missionários Redentoristas, em Roma.

1. Abreviação grega de “Mãe de Deus.”

2. Coroa de ouro: o Quadro original foi coroado em 1867 em agradecimento dos muitos milagres feitos por Nossa Senhora em seu título preferido “Perpétuo Socorro”. 

3. Estrela no véu de Maria, a Estrela que nos guia no mar da vida até o pôrto da.salvação. 

4. Abreviatura de “Arcanjo S. Miguel”. 

5. Abreviatura de “Arcanjo S. Gabriel”. 

*6. São Miguel apresenta a lança, a vara com a esponja, e o cálice da amargura. 

6. A boca de Maria é pequenina, para guardar silêncio, e evitar as palavras inúteis. 

*7. São Gabriel com a cruz e os cravos, instrumentos da morte de Jesus. 

7. Os olhos de Maria, grandes voltados sempre para nós, afim de ver todas as nossas necessidades. 

8. Túnica vermelha, distintivo das virgens no tempo de N.Sra. 

9. Abrev. de “Jesus Cristo”. 

10. As mãos de Jesus apoiadas na mão de Maria, significando que por ela nos vêm todas as graças. 

11. O fundo todo do Quadro é de ouro, e dele esplendem reflexos cambiantes, matizando as roupas e simbolizando a glória do paraíso para onde iremos, levados pelo perpétuo socorro de Maria. ‘O quadro de N. Sra. do Perpétuo Socorro é a síntese da Mariologia”. 

12. Manto azul, emblema das mães daquela época. Maria é a Virgem-Mãe de Deus. 

13. A mão esquerda de Maria sustendo Jesus: a mão do consolo que Maria estende a todos que a ela recorrem nas lutas da vida. 

14. A sandália desatada – símbolo talvez de um pecador preso ainda a Jesus por um fio – o último – a Devoção a N. Senhora! 

* Os números 6 e 7 apontam primeiro os anjos e, logo após, a boca e os olhos de Maria.

Oração

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, eis a vossos pés um pobre pecador que a vós recorre e em vós põe a sua confiança.  

Ó Mãe de misericórdia, tende compaixão de mim! Ouço dizer que todos vos chamam o refúgio e a esperança dos pecadores; sede, pois, o meu refúgio e a minha esperança! 

Socorrei-me pelo amor de Jesus Cristo! Dai a mão a um infeliz pecador que a vós se recomenda e a vós se consagra como servo perpétuo. 

Louvo e dou graças a Deus que, pela sua misericórdia, me inspirou esta grande confiança em vós, confiança que é para mim o penhor da minha eterna salvação. 

Ai! Eu, miserável, tantas vezes caí no pecado, por não ter recorrido a vós. 

Sei que com o vosso socorro sairei vencedor; sei que me haveis de ajudar, se a vós me recomendo; mas nas ocasiões perigosas temo não vos invocar e perder assim a minha alma. 

Peço-vos, pois, esta graça, sim, encarecidamente vos suplico a graça, quando o demônio me assaltar, de recorrer a vós, dizendo: Maria ajudai-me! 

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, não permitais que eu perca o meu Deus!

 

Organização

 não informado