19
Sab, Ago
0 Novos artigos

Diocese ganha três novos diáconos

Clero

A cerimônia foi presidida por Dom Luiz Antonio Cipolini e contou com a presença de fiéis de toda a Diocese. Os novos diáconos Francisco, Guilherme e Marcelo atuarão, respectivamente, nas paróquias Sagrado Coração de Jesus e Catedral Basílica de São Bento, de Marília, e São José, de Panorama.

A Matriz de São Pedro Apóstolo, de Tupã, ficou repleta de fiéis na missa da última sexta-feira, dia 31 de março, para a ordenação dos três novos diáconos da Diocese de Marília. A cerimônia foi presidida pelo bispo diocesano, Dom Luiz Antonio Cipolini, e contou com a presença de Dom Osvaldo Giuntini, bispo emérito, de padres, diáconos e consagrados.

Como prescreve o rito de ordenação diaconal, antes da homilia, o Diácono Marcelo Henrique Gonzales Dias, chamou os candidatos ao diaconado, os então seminaristas, Francisco Antônio dos Anjos Andrade, Guilherme Massoca Baptista e Marcelo Feltri Ribeiro. Após, dirigindo-se ao bispo diocesano, o Cônego José Carlos Dias Tóffoli, pediu a ordenação e deu testemunho da dignidade dos candidatos.

“O discípulo de Jesus não pode seguir um caminho diferente do Mestre, mas, se quer levar o Seu anúncio, deve imitá-Lo. Se evangelizar é a missão dada a cada cristão no Batismo, servir é o estilo de vida dos discípulos de Jesus”, afirmou Dom Luiz Antonio ao explicar aos candidatos que o serviço por amor é a via de felicidade.

O bispo diocesano ainda recomendou que o candidato precisa ter a coragem de ir na direção oposta à própria vontade, para sair de si mesmo, abraçar a cruz e fazer a vontade de Deus para, assim, doar a vida em favor de todos, principalmente dos pobres e necessitados. “Para estar apto ao serviço, é preciso saúde do coração: um coração curado por Deus, que se sinta perdoado e não seja fechado e duro”, concluiu.

Em seguida, os candidatos fizeram os propósitos de guardar o mistério da fé, servir à Igreja, abraçar o celibato, progredir na oração, seguir o exemplo de Cristo e, por fim, prometeram obediência ao bispo diocesano e aos seus sucessores. Logo após a invocação de todos os santos, Dom Luiz Antonio impôs as mãos e proferiu a prece ordenando-os diáconos.

Os novos diáconos receberam as vestes diaconais, o livro dos Evangelhos e o ósculo da paz do bispo diocesano. Durante a cerimônia, os diáconos Francisco, Guilherme e Marcelo também foram abraçados pelo clero.

ATUAÇÃO

Conforme decisão de Dom Luiz Antonio e do Conselho de Presbíteros, os diáconos Francisco, Guilherme e Marcelo atuarão, respectivamente, nas paróquias Sagrado Coração de Jesus e Catedral Basílica de São Bento, de Marília, e São José, de Panorama.

Pastoral da Esperança de Marília
Área de dowloads