16
Sab, Dez

Fiéis celebram a iniciativa 24 Horas para o Senhor

Notícias da Diocese

Na Diocese de Marília, milhares de fiéis aderiram à proposta do Papa Francisco. Além das 24 horas de orações ininterruptas, padres ministraram os sacramentos da Confissão e da Unção aos Enfermos.

Santuários e comunidades paroquiais da Diocese de Marília celebraram, nos últimos dias 24 e 25, a iniciativa 24 Horas para o Senhor. Motivados pelo Papa Francisco, com igrejas abertas ininterruptamente, católicos do mundo inteiro dedicaram um dia completo em adoração ao Santíssimo Sacramento.

Segundo o coordenador diocesano de pastoral, Padre Ademilson Luiz Ferreira, a iniciativa tem crescido e, a adesão de milhares de fiéis à proposta do Papa Francisco na Diocese, representam uma grande corrente de oração em favor do mundo. “As 24 Horas para o Senhor nos lembram que a Igreja deve sempre estar com as portas do coração abertas para acolher os fiéis”, ressaltou o sacerdote ao explicar que o Centro Diocesano de Pastoral (CDP) e a Pastoral Litúrgica disponibilizaram um subsídio para a celebração.

Com missas, dezenas de paróquias da Diocese de Marília, nas três regiões pastorais, começaram as atividades no início da noite da sexta-feira, dia 24, seguidas de adoração ao Santíssimo até a noite do sábado.

Além das orações ininterruptas, em algumas comunidades, sacerdotes celebraram missas durante a madrugada, como nas Paróquias Santo Antônio, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Sagrado Coração de Jesus, de Marília, Nossa Senhora Auxiliadora, de Avencas, e Santo Antônio, de Adamantina.

“Foi uma experiência que agregou a comunidade paroquial e criou a consciência espiritual na caminhada de conversão que propõe o período quaresmal”, afirmou o Padre Elizio Pereira da Anunciação Filho que, às 3h do sábado, celebrou missa com os fiéis da igreja Santo Antônio, de Marília.

Em Tupã, os padres Marcos Roberto Cesário da Silva e Murilo Aparecido Dias, fizeram a experiência de atender confissões até o início da madrugada do sábado. “Percebemos a abertura do povo que recorre ao sacramento da Penitência para, de fato, receber a graça da reconciliação com Deus”, relatou o Padre Marcos.

As pessoas da Paróquia Santa Genoveva, de Irapuru, que sofrem com enfermidades, tiveram a oportunidade de receber o Sacramento da Unção dos Enfermos durante missa celebrada nas 24 Horas para o Senhor. Para o pároco, Padre Adriano dos Santos Andrade, a intenção foi dizer aos enfermos que eles não estão sozinhos: “a Igreja caminha com eles e acompanha suas dores com um auxílio espiritual”, disse.

MOTIVAÇÃO

A iniciativa das 24 Horas para o Senhor, criada pela Santa Sé desde 2013, tem o objetivo de ajudar os fiéis na preparação Páscoa. “Desejo que inclusive neste ano o momento privilegiado de graça, do caminho quaresmal, seja vividoem tantas igrejas para que possam experimentar o encontro alegre com a misericórdia do Pai, que todos acolhe e perdoa”, disse o Papa Francisco na última quarta-feira, dia 22, ao final de sua catequese que reuniu 15 mil fiéis na Praça São Pedro.

 

flickr logo