18
Qui, Jan

Pastoral da Criança: Ademir permanece mais dois anos como coordenador

Criança

Na oportunidade, foi realizada uma Assembléia Avaliativa e Indicativa do coordenador diocesano para o próximo mandato, de 2015 e 2016.

Segundo Ademir Aparecido Munhoz, coordenador reeleito, os agentes tiveram dois dias de reflexão, informação e partilha.

No sábado pela manhã, houve um momento de reflexão sobre a espiritualidade e a missão da Pastoral da Criança e a função de coordenador. Quem falou sobre o assunto foi o missionário de São Paulo, Valdemar Caldin.

"Contamos com a presença da nossa coordenadora estadual, Eunice Gomes Rodrigues, que fez esclarecimentos sobre a nossa missão e gestão, destacando pontos importantes a serem cumpridos para que todas as famílias assistidas tenham noções e ações positivas para um bom desenvolvimento da vida", contou o coordenador diocesano.

À tarde, foi passada uma oficina de formação continuada sobre reunião e reflexão e avaliação dos ramos e comunidades da Pastoral da Criança.

"Para abrilhantar ainda mais nossa assembleia, contamos também com a presença do Pe. Edson de Oliveira Lima, vigário episcopal da Região I. Ele nos falou sobre a exortação apostólica do Papa Francisco, 'A Alegria do Evangelho'", relatou Ademir.

No final do dia, os agentes tiveram momentos de fortalecimento e partilha e elaboraram o calendário de atividades da pastoral para o ano de 2015.

O domingo foi iniciado com uma missa na Capela São Vicente, presidida pelo sacerdote marianista Fernando Canomanuel Abárzuza. Durante o dia, esteve com os agentes o assessor diocesano da Pastoralda Criança, Pe. Manoel Cirino de Souza.

Quem também esteve presente na assembleia foi o bispo emérito, Dom Osvaldo Giuntini, que acompanhou a eleição, conforme manda o Regimento Interno da Pastoral da Criança.

Ao todo, quatro líderes se colocaram à disposição da diocese e, em seguida, houve a votação. Segundo o regimento, após a indicação dos agentes, o escolhido foi aprovado também pelo bispo emérito, Mas para o mais votado ou escolhido pelo coordenadores presente permaneça por mais dois anos é necessário que o mesmo seja ratificado pelo o Bispo Dom Luiz Antonio Cipolini.

O bispo diocesano, Dom Luiz Antonio Cipolini, não pôde participar da assembleia pois estava em visita pastoral na cidade de Tupã.

Ao final da assembleia, Dom Osvaldo fez um agradecimento aos coordenadores paroquiais pela dedicação ao projeto Pastoral da Criança. O Pe. Manoel também agradeceu a presença dos líderes empenhados na missão.

"A assembléia chegou ao final com êxito e fomos abençoados e enviados para a missão e gestão por Dom Osvaldo e pelo Pe. Manoel", finalizou o coordenador diocesano da Pastoral da Criança.