23
Sex, Jun
1 Novos artigos

Caros padres... Formadores... Diretor... Do Curso de Teologia da Região Pastoral I, de nossa Diocese de Marília. Agradeço pelo convite para presidir esta Celebração, após a qual será entregue o certificado dos três anos de preparação que vocês realizaram. Parabéns pela conquista deste certificado, que comprova a perseverança e o interesse de vocês pelo estudo da teologia. Parabéns aos seus familiares que certamente os apoiaram e incentivaram nesta caminhada de estudos e aprofundamento.

Leia mais...

Caros padres... Caras Irmãs da misericórdia de Verona. Caros irmãos e irmãs.

A primeira tarefa do padre é anunciar o Evangelho de Deus a todos, pois é pela palavra da salvação que se alimenta a fé no coração dos fiéis, com ela se inicia e cresce a comunidade e se desperta o coração daqueles que não crêem. Desta maneira os padres são devedores de todos, no sentido de terem que partilhar com todos a verdade do Evangelho, da qual desfrutam no Senhor (cf. PO, 4).

Leia mais...

Caros padres... Caros irmãos e irmãs.

A primeira tarefa do padre é anunciar o Evangelho de Deus a todos, pois é pela palavra da salvação que se alimenta a fé no coração dos fiéis, com ela se inicia e cresce a comunidade e se desperta o coração daqueles que não crêem. Desta maneira os padres são devedores de todos, no sentido de terem que partilhar com todos a verdade do Evangelho, da qual desfrutam no Senhor (cf. PO, 4).

Leia mais...

Reverendíssimo Monsenhor Achiles, Pe. Evandro... Caros irmãos e irmãs.

Estamos no início do Tempo Comum e, a primeira leitura nos apresenta a vocação do Servo do Senhor, a segunda leitura nos apresenta a vocação dos cristãos da comunidade de Corinto, e o Evangelho nos apresenta a missão de Jesus.  No caso de Jesus não se pode falar de vocação, dele não se pode dizer que "foi chamado do seio materno" como aconteceu com os grandes profetas.

Leia mais...

Estamos no início do Tempo Comum e, a primeira leitura nos apresenta a vocação do Servo do Senhor, a segunda leitura nos apresenta a vocação dos cristãos da comunidade de Corinto, e o Evangelho nos apresenta a missão de Jesus. No caso de Jesus não se pode falar de vocação, dele não se pode dizer que "foi chamado do seio materno" como aconteceu com os grandes profetas.

Leia mais...

Li o artigo de Dom Milton Kenan Junior, bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, na Região Brasilândia, que tem o título acima e encantei-me pelo seu conteúdo. Dom Milton chama nossa atenção para a narração da cura dos dez leprosos, onde se lê que um dos curados, adiando o requisito legal, retorna, dá glória a Deus em alta voz, dá graças a Jesus e se prostra a seus pés. O gesto do leproso samariatano põe em relevo a ingratidão dos nove leprosos judeus, que parecem esquecer-se de deveres elementares ou não reconhecer a mediação de Jesus (cf. Lc 17,11-19).

Leia mais...

 Caros Padres, Diácono, Religiosos e Religiosas

 “Permanecei no meu amor” Jo 15,9

Agradeço-lhes imensamente pela acolhida que venho recebendo entre vós. Agradeço também pela vossa participação na segunda Reunião Geral do Clero, realizada hoje, em Tupã, no Centro Mons. Afonso Haffner. Fiquei feliz com a presença de todos e comovido com a presença do Padre Lucas Arrigo Costa, da Comunidade Passionista de Osvaldo Cruz. Obrigado Pe. Lucas, pelo seu testemunho vocacional e pela paz que sentimos quando nos aproximamos do Senhor.

Leia mais...
Pastoral da Esperança de Marília
Área de dowloads